[pt] Participação social e justícia climática precisa do transporte publico

O movimento passe livre demanda um transporte publico sem a exclusão social que representa a tarifa pra grandes partes da cidade. Mas não só o aspecto social obriga a nossa sociedade de repensar o financiamento do transporte publico. Sem transporte publico eficaz as cidades não funcionam e sonho do carro privado resulta em um pesadelo pra a cidade porque tudo mundo fica parado no trafico em vez de chegar no destino.

Thais Lamoza e Fabian Kern refletem sobre as consequências da pandemia sobre o transporte publico tanto no Brasil como em Alemanha e discutem um futuro que inclui todas partes da sociedade e diminua os impactos negativos da mobilidade.

Links:

Buch: Daniel Santini: Transporte como direito – Passe livre – As possibilidades da tarifa zero contra a distopia da uberização

Tarifa Zero: a cidade sem catracas