[pt] Hatespeech: entre comentários de ódio e discriminação estrutural


Hatespeech é uma prática cada vez mais constante. Enquanto politicamente na Alemanha há uma discussão assídua, e dentro da esfera pública, sobre as consequências aplicáveis aos discursos de ódio propagados nas redes sociais, no Brasil há uma verdadeira inércia pública, nos quais afirmações racistas, homofóbicas e sexistas fazem parte do dia a dia. Políticos da direita e extrema direita brasileira de grande influência social e política, como o então presidenciável Jair Bolsonaro, emitem corriqueiramente declarações de cunho discriminatório a grupos mais vulneráveis na mídia e mesmo diante do Congresso. Muitas destas declarações aparecem em forma de videoclipes ou posts que abrem espaço para que outras pessoas reproduzam a mesma ofensa em comentários.

O nosso convidado para este programa, Renato Almeida de Freitas Jr. fala conosco sobre como podemos reagir aos hatespeechers racistas, homofóbicos ou sexistas nas suas mais variadas formas, além de apontar para as possíveis causas estruturais e políticas que levaram a essa situação.

Renato é Mestre em Direito pela Universidade Federal do Paraná, formado em Direito pela mesma instituição, pesquisador da área de Direito Penal, Criminologia e Sociologia da Violência. Advogado militante, defende grupos vulneráveis além de ser grande militante do movimento negro, lutando pela garantia de direitos humanos à população negra e à periferia no Brasil. Já foi candidato à vereador pelo PSOL, e segue pelo Brasil palestrando, discutindo e levando aos mais variados grupos a importância de empoderamento negro e consciência da realidade social brasileira.

{{ episode.player }}

Download: mp3 | ogg

This entry was posted in Uncategorized by admin. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *